A alimentação durante o inverno: cuidados a serem tomados

A nutricionista do Espaço Saúde do Juvenil, Vandressa Bristot, aponta algumas ações para auxiliar a qualidade de vida das pessoas durante a estação – e a vida

A nutricionista do Espaço Saúde, Vandressa Bristot. (Foto: Lucas Marques/CRJ)

Resta aproximadamente um mês para o início do inverno e, para muitos, a mudança da estação também representa uma mudança de hábitos alimentares. Como resultado de novos hábitos de alimentação, o corpo sente as consequências, nem sempre positivas. Mas o que fazer para evitar os efeitos negativos na alimentação em um período que, devido à temperatura, o corpo pede por comidas mais calóricas?

A nova nutricionista do Espaço Saúde do Clube Recreativo Juvenil, Vandressa Bristot, ajuda a explicar que o inverno requer algumas atenções na nutrição. “O que temos que ter mais cuidado durante o inverno é em continuar a ingestão de água, frutas e verduras”, aponta. Dentre as comidas mais recomendadas para serem consumidas no período, a profissional ressalta para a ingestão dos alimentos da estação, tais como o pinhão, amendoim e batata doce, por exemplo. “Por serem da estação, possuem uma maior quantidade de nutrientes, vitaminas e minerais presentes”, elucida. Há também as frutas da estação, como o limão, laranja, bergamota e caqui. Nas mais cítricas, a maior presença de vitamina C pode auxiliar também na prevenção de resfriados e outras doenças, por exemplo.

Pelo fato de que iremos atravessar o inverno durante uma pandemia de um vírus respiratório, a alimentação saudável e adequada contribui também com a imunidade do corpo, o que pode nos ajudar no combate a infecções. Como exemplo de alimentos ricos em nutrientes que influenciam na imunidade, a nutricionista cita o kefir, iogurtes e a kombucha, os quais possuem lactobacilos que agem na microbiota intestinal, além do própolis e da cúrcuma, também benéficos à imunidade. O hábito saudável no que diz respeito à alimentação não é uma exclusividade da estação do ano. Ela deve acompanhar as pessoas durante as suas vidas. “É importante manter um hábito de vida e alimentação saudável. Estar de bem não só com o seu corpo, mas também com sua mente”, indica Vandressa ao apontar a importância de manter o peso, não apenas por uma questão estética, e sim pela qualidade de vida, para evitar doenças decorrentes de má alimentação e hábitos de vida não-saudáveis.

A profissional do Espaço Saúde durante um de seus atendimentos, ainda antes do início da pandemia do novo coronavírus, por isso a ausência das máscaras de proteção.

Conheça a nutricionista

Vandressa Bristot possui formação em Nutrição (UPF), Pós-graduação em Nutrição Clínica e Estética (iPGS) e Mestrado em Envelhecimento Humano (UPF). Com 28 anos de idade, a profissional chegou ao Espaço Saúde juvenilista em março deste ano e expressou sua motivação para atuar no Clube. “Viso trazer o conhecimento que adquiri durante minha formação, sempre visando a qualidade de vida para as pessoas”, cita. A nutricionista atende no Espaço Saúde às quintas-feiras, das 9h às 11h e das 16h às 20h. As consultas são exclusivas para sócios e podem ser agendadas na secretaria da entidade, pelo valor de R$ 45,00 por sessão. Mais informações podem ser obtidas através do telefone da secretaria do Juvenil, o (54) 3313-4836.