Os benefícios dos alimentos do inverno

Além da alimentação saudável e balanceada, alguns alimentos específicos são recomendados de forma geral durante a época mais fria do ano

Foto: freestocks/Unsplash

Estamos oficialmente no inverno e, até o fim do mês de setembro, naturalmente precisamos readequar nossa vida e rotina às temperaturas mais baixas. Em 2020, essa readaptação será diferente em comparação a outros anos, devido a questão do isolamento social, recomendado para o combate à pandemia do coronavírus, e o maior tempo dentro de casa que este fator gera. Com isso, como a nossa alimentação pode mudar para uma vida mais saudável e adequada ao que a estação pede?

Para a nutricionista do Espaço Saúde do Clube Recreativo Juvenil, Vandressa Bristot, uma ótima opção na alimentação durante o inverno está nos alimentos da época, tais como a laranja, limão, lima, bergamota, pinhão, mandioca, batata doce, entre outros. “Quando consumidos com uma alimentação saudável e adequada, eles têm uma boa aceitação nessa época, por auxiliar a nossa imunidade a evitar gripes e resfriados”, aponta.

A individualidade de cada pessoa entra em consideração ao se pensar nas medidas que podem ser consumidas desses alimentos. “A frequência pode ser diária. Podemos consumir as frutas nos lanches, a batata doce no café da manhã, no lugar do pão, a mandioca no almoço, trocando pelo arroz ou massa, o pinhão em quantidades para treino, por ser energético”, comenta a nutricionista. Vandressa, porém, mantém a ressalva de que independente do indivíduo, a alimentação deve ser sempre consumida de forma balanceada e com moderação.

A profissional ainda comenta sobre o fato de que não existem alimentos específicos para serem evitados na época, porém ressalta alguns fatores que podem guiar a alimentação durante o inverno. “Devemos evitar o consumo de alimentos muito calóricos, com muito conservante ou adoçante. Também devemos evitar comidas industrializadas, pois no inverno temos uma demanda maior em consumir alimentos que tenham mais farinha e gerem um certo conforto, então isso deve ser observado”, indica.

Juntamente a alimentação, também deve se manter a atenção à realização de exercícios – o que é válido não só para o inverno, como também para o ano inteiro. “É bem importante que a alimentação e os exercícios sejam mantidos durante a época do inverno, pois além da questão de peso, eles são importantes para a saúde e imunidade”, conclui Vandressa.

A nutricionista do Espaço Saúde juvenilista realiza seus atendimentos às quintas-feiras, das 9h às 11h e das 16h às 20h, e todos os associados do Clube Juvenil podem agendar consultas. Elas podem ser marcadas na secretaria da entidade, pelo valor de R$ 45,00 por sessão. Para mais informações, o telefone da secretaria do Clube é o (54) 3313-4836.